quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Debate

Tocam os sinos a rebate
na torre da nossa igreja,
não é incêndio, nem desastre,
nem sinais de qualquer peleja

Também não é dia de festa,
nem de caça ao javali,
terá fugido alguma besta
dos currais do Senhor Joaquim?

Então vossemecê não sabe?
hoje temos todos que ver
o que vai passar na TV,
vamos ter um senhor debate

Pela esquerda vem o Costa,
o Coelho pela direita,
já têm as armas à mostra
e os árbitros à espreita

E, como eu sou um adivinho,
já sei quem ganha o debate,
vamos ali beber um tinto
e eu dir-lhe-ei o resultado

O Coelho tem ar seguro
e de quem foi sempre mimado,
tem rosto mecânico e puro,
é um robot engravatado

O Costa é bonacheirão,
parece-me ser mais humano,
mas não tem ar de aldrabão
e não vencerá o espartano

Sabe muito bem este vinho,
que venha mais uma rodada,
não gosto do meu vaticínio,
que venha mais uma rodada