segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Sou Rei

Olá, sou o Vitório Rei
e hoje apetece-me ser Rei
a sério,
vou pôr a minha coroa de ouro de lei
e não saio do meu castelo
do Restelo,
abaixo a República,
até fico com todo o meu pêlo
em pé,
só de ousar pronunciar essa palavra
que viola a minha mais íntima fé

Hoje sou Rei
e fico em casa a reflectir,
vou ter de decidir
quem hei-de
chamar para formar governo,
se a coligação de direita,
se o saco de gatos da esquerda,
todos uns republicanos de merda

Hoje quero ser um Rei a sério,
não quero sair do meu castelo,
abaixo a República,
quero outra vez o meu império

- vai-te embora ó velho cavaco,
nunca valeste nada, seu velhaco

Mau,
uma manifestação debaixo da janela
do meu castelo,
vou já chamar a Guarda Nacional Republicana,
porra, lá tive que dizer outra vez
aquela palavra

Hoje é dia da República,
viva a República de Portugal