sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Feliz 2016

Feliz 2016
para mim, para vós,
para os ricos, para os pobres,
para os velhos, para os novos,
para os fracos, para os fortes,
para os que não têm voz,
para as ovas, para os ovos,
para todos os povos

Feliz 2016
para vós que governais a grei
e que criais e aplicais as leis,
aumentai os decibéis
da justiça e da verdade,
desandai os carrocéis
que espalham a felicidade,
acabai com as guerras
e com os dogmas cruéis,
cobri antes o mundo de paz
e de anéis

Feliz 2016
para os banqueiros que nos lixaram
e para os políticos que com eles privaram
e que deles receberam muitos miminhos,
aconselho-os a não saírem de casa,
a rua está assombrada, vêem-se submarinos
a voar e das portas e das janelas
saem sons aterradores
de orquestras a tocar tachos e panelas,
fiquem, pois, quietinhos à lareira a rezar,
assim não partem as canelas,
nem perdem a voz

Feliz 2016
para vós fabricantes e traficantes de armas,
de drogas e de falsas felicidades,
podeis continuar a provocar guerras e desgraças,
ninguém vos fará mal, mas eu rezo todos os dias
para que todas as armas ganhem ferrugem e bolores
e que os explosivos só espalhem coloridas flores,
sim, ainda não perdi a esperança nas minhas utopias

Feliz 2016 para todos
e também para os deuses
que habitam o Céu,
que haja paz entre eles
e que espalhem essa paz pela Terra
enterrando o terror
que os guerreiros homens
semeiam em nome deles

Feliz 2016 para todos